Conhecendo o Espiritismo

Resumo Básico do Espiritismo
O que é
  • É o conjunto de princípios e leis, revelados pelos Espíritos Superiores, contidos nas obras de Allan Kardec que constituem a Codificação Espírita: O Livro dos Espíritos, O Livro dos Médiuns, O Evangelho segundo o Espiritismo, O Céu e o Inferno e A Gênese.
  • “O Espiritismo é uma ciência que trata da natureza, origem e destino dos Espíritos, bem como de suas relações com o mundo corporal.”   Allan Kardec (O que é o Espiritismo – Preâmbulo)
  • “O Espiritismo realiza o que Jesus disse do Consolador prometido: conhecimento das coisas, fazendo que o homem saiba donde vem, para onde vai e por que está na Terra; atrai para os verdadeiros princípios da lei de Deus e consola pela fé e pela esperança.”   Allan Kardec (O Evangelho segundo o Espiritismo – cap. VI – 4)
O que revela
  • Revela conceitos novos e mais aprofundados a respeito de Deus, do Universo, dos Homens, dos Espíritos e das Leis que regem a vida.
  • Revela, ainda, o que somos, de onde viemos, para onde vamos, qual o objetivo da nossa existência e qual a razão da dor e do sofrimento.
Sua abrangência
  • Trazendo conceitos novos sobre o homem e tudo o que o cerca, o Espiritismo toca em todas as áreas do conhecimento, das atividades e do comportamento humanos, abrindo uma nova era para a regeneração da Humanidade.
  • Pode e deve ser estudado, analisado e praticado em todos os aspectos fundamentais da vida, tais como: científico, filosófico, religioso, ético, moral, educacional, social.
Seus ensinos fundamentais
  • Deus é a inteligência suprema, causa primeira de todas as coisas. é eterno, imutável, imaterial, único, onipotente, soberanamente justo e bom.
  • O Universo é criação de Deus. Abrange todos os seres racionais e irracionais, animados e inanimados, materiais e imateriais.
  • Além do mundo corporal, habitação dos Espíritos encarnados, que são os homens, existe o mundo espiritual, habitação dos Espíritos desencarnados.
  • No Universo há outros mundos habitados, com seres de diferentes graus de evolução: iguais, mais evoluídos e menos evoluídos que os homens.
  • Todas as leis da Natureza são leis divinas, pois que Deus é o seu autor. Abrangem tanto as leis físicas como as leis morais.
  • O homem é um Espírito encarnado em um corpo material. O perispírito é o corpo semimaterial que une o Espírito ao corpo material.
  • Os Espíritos são os seres inteligentes da criação. Constituem o mundo dos Espíritos, que preexiste e sobrevive a tudo.
  • Os Espíritos são criados simples e ignorantes. Evoluem, intelectual e moralmente, passando de uma ordem inferior para outra mais elevada, até a perfeição, onde gozam de inalterável felicidade.
  • Os Espíritos preservam sua individualidade, antes, durante e depois de cada encarnação.
  • Os Espíritos reencarnam tantas vezes quantas forem necessárias ao seu próprio aprimoramento.
  • Os Espíritos evoluem sempre. Em suas múltiplas existências corpóreas podem estacionar, mas nunca regridem. A rapidez do seu progresso intelectual e moral depende dos esforços que façam para chegar à perfeição.
  • Os Espíritos pertencem a diferentes ordens, conforme o grau de perfeição que tenham alcançado: Espíritos Puros, que atingiram a perfeição máxima; Bons Espíritos, nos quais o desejo do bem é o que predomina; Espíritos Imperfeitos, caracterizados pela ignorância, pelo desejo do mal e pelas paixões inferiores.
  • As relações dos Espíritos com os homens são constantes e sempre existiram. Os bons Espíritos nos atraem para o bem, sustentam-nos nas provas da vida e nos ajudam a suportá-las com coragem e resignação. Os imperfeitos nos induzem ao erro.
  • Jesus é o guia e modelo para toda a Humanidade. E a Doutrina que ensinou e exemplificou é a expressão mais pura da Lei de Deus.
  • A moral do Cristo, contida no Evangelho, é o roteiro para a evolução segura de todos os homens, e a sua prática é a solução para todos os problemas humanos e o objetivo a ser atingido pela Humanidade.
  • O homem tem o livre-arbítrio para agir, mas responde pelas conseqüências de suas ações.
  • A vida futura reserva aos homens penas e gozos compatíveis com o procedimento de respeito ou não à Lei de Deus.
  • A prece é um ato de adoração a Deus. Está na lei natural e é o resultado de um sentimento inato no homem, assim como é inata a idéia da existência do Criador.
  • A prece torna melhor o homem. Aquele que ora com fervor e confiança se faz mais forte contra as tentações do mal e Deus lhe envia bons Espíritos para assisti-lo. é este um socorro que jamais se lhe recusa, quando pedido com sinceridade.
PRÁTICA ESPÍRITA
  • Toda a prática espírita é gratuita, como orienta o princípio moral do Evangelho: “Dai de graça o que de graça recebestes”.
  • A prática espírita é realizada com simplicidade, sem nenhum culto exterior, dentro do princípio cristão de que Deus deve ser adorado em espírito e verdade.
  • O Espiritismo não tem sacerdotes e não adota e nem usa em suas reuniões e em suas práticas: altares, imagens, andores, velas, procissões, sacramentos, concessões de indulgência, paramentos, bebidas alcoólicas ou alucinógenas, incenso, fumo, talismãs, amuletos, horóscopos, cartomancia, pirâmides, cristais ou quaisquer outros objetos, rituais ou formas de culto exterior.
  • O Espiritismo não impõe os seus princípios. Convida os interessados em conhecê-lo a submeterem os seus ensinos ao crivo da razão, antes de aceitá-los.
  • A mediunidade, que permite a comunicação dos Espíritos com os homens, é uma faculdade que muitas pessoas trazem consigo ao nascer, independentemente da religião ou da diretriz doutrinária de vida que adotem.
  • Prática mediúnica espírita só é aquela que é exercida com base nos princípios da Doutrina Espírita e dentro da moral cristã.
  • O Espiritismo respeita todas as religiões e doutrinas, valoriza todos os esforços para a prática do bem e trabalha pela confraternização e pela paz entre todos os povos e entre todos os homens, independentemente de sua raça, cor, nacionalidade, crença, nível cultural ou social.  Reconhece, ainda, que “o verdadeiro homem de bem é o que cumpre a lei de justiça, de amor e de caridade, na sua maior pureza”.
“Nascer, morrer, renascer ainda e progredir sempre, tal é a lei.”
“Fé inabalável só o é a que pode encarar frente a frente a razão, em todas as épocas da Humanidade.”
O estudo das obras de Allan Kardec é fundamental
para o correto conhecimento da Doutrina Espírita.
FACÇÕES ESPIRITUALISTAS
Existem muitas doutrinas espiritualistas que podem ser confundidas com a doutrina Espírita, no entanto, observando os princípios adotados pelo Espiritismo, como citados acima e as práticas adotadas por essas doutrinas, conclui-se facilmente que não o são. No Espiritismo puro, estudado a fundo e com seriedade, não há sacrifício de animais, consumo de bebidas alcoólicas, rituais, despachos, uso de vestimentas especiais, classes sacerdotais, recintos decorados com imagens, velas, etc.
O que prevalece no estudo Espírita é a fé raciocinada; os princípios espirituais submetidos ao crivo da razão.
Uma boa forma de se identificar o verdadeiro Espiritismo, seria perguntar se em um suposto centro espírita, estudam-se as obras básicas de Allan Kardec, bem como se o modelo moral e espiritual seguido por seus freqüentadores é Jesus Cristo.
Pode-se ter estas duas perguntas como dispositivos de segurança para que não se cometa o equívoco de adentrar um centro espiritualista sem base doutrinária Espírita.
INTERPRETAÇÃO BÍBLICA
Ao contrário do que muitos pensam, os espíritas estudam a bíblia. Os textos bíblicos são estudados e interpretados sob dois prismas: histórico-cultural e moral.
Embora seja possível retirar dos textos, o sentido filosófico-moral, a compreensão de muitas passagens e afirmações torna-se mais fácil quando se tem o elemento informação. A semântica das palavras (seus significados originais) aliada à cultura da época é valioso recurso para se entender o contexto bíblico geral.
Mas podemos observar que, mesmo 2.000 anos depois, os princípios colocados por Jesus como amor ao próximo, caridade, perdão, continuam atualíssimos e perfeitamente aplicáveis a humanidade em geral.
O senso comum entre as religiões cristãs é a busca do sentido moral nos ensinamentos contidos no Novo Testamento, exemplificados por Jesus, e no Espiritismo, essa base encontra perfeita ressonância.
Fonte:  Livro dos Espíritos – Allan Kardec
O Evangelho Segundo o Espiritismo – Allan Kardec
Anúncios

7 comentários sobre “Conhecendo o Espiritismo

  1. Espiritismo Doutrinario.
    1)O Espiritismo ou Doutrina Espírita não tem nenhuma ligação com cartomantes, umbanda, candomblé, magias, misticismo.
    O Mestre Allan Kardec em suas Obras não manda ninguém usar velas, incenso, amuletos, talismã, roupas brancas, imagens de santos, fazer despachos, muito menos sacrificar pobres animais, nada disso representa a Doutrina Espirita.
    Uma questão muito importante, Kardec não manda ninguém evocar espíritos para tratar de assuntos matérias terra a terra, assuntos vulgares como, volta da pessoa amada, sorte com o dinheiro, sorte com as mulheres, predizer o futuro, revelar tesouros perdidos, revelar formulas para ficar rico, fazer trabalhos de magia para prejudicar desafetos etc…
    O intercambio com o mundo espiritual ou plano astral é para instruir, esclarecer e moralizar os espíritos humanos.
    Nunca para tratar de assuntos vulgares, matérias e mesquinhos sem elevação Moral.
    Quem pratica essas coisas vai atrair pela Sintonia vibratória dos pensamentos os espíritos inferiores, perturbadores, embusteiros e obsessores do plano astral.
    O intercambio mediúnico com o mundo espiritual é algo muito serio e nobre e também perigoso, a mediunidade tem que ser praticada com disciplina, elevação moral, responsabilidade, ordem e critérios doutrinários.
    Tudo no mundo espiritual ou plano astral é regulado pela Lei de Sintonia Vibratória dos Pensamentos ou Afinidade Moral.
    Os semelhantes se atraem e os diferentes se repelem.
    O Bem tem sintonia com o Bem.
    A Virtude tem sintonia com a virtude.
    A Verdade tem sintonia com a Verdade.
    O mal tem sintonia com o mal.
    O vicio tem sintonia com o vicio.
    A mentira tem sintonia com a mentira.
    Tudo é sintonia e atração no plano espiritual.
    Cada pessoa conforme seus pensamentos, sentimentos e atitudes vai atrair Bons ou maus espíritos, tudo depende do Padrão Moral dos pensamentos das pessoas.

    2)Não adianta usar roupas brancas, amuletos, talismã, velas, incenso, exorcismos, imagens de santos, para afastar os maus espíritos.
    Temos que cultivar pensamentos elevados e nobres e praticar o Bem e as Virtudes, dessa forma a pessoa consegue elevar seu Padrão Vibratório e repele as vibrações pesadas e negativas dos espíritos inferiores, perturbadores e obsessores do plano astral.
    Não havendo sintonia vibratória os maus espíritos não conseguem influenciar as pessoas.
    O Bem repele o mal.
    Uma outra questão muito importante no Espiritismo é que esses espíritos desencarnados que se apresentam nas reuniões mediúnicas pedindo cigarros, farofa, charutos, cachaça, velas, despachos e sacrifícios de pobres animais, são espíritos moralmente atrasados apegados a matéria e aos vícios e desejos terrenos, somente espíritos inferiores podem pedir tais coisas.
    Os Espiritos Superiores e os Bons Espiritos já estão com seus pensamentos e sentimentos moralmente depurados, eles não tem necessidades matérias.
    Quem pede essas coisas são espíritos inferiores que possuem um perispirito denso, grosseiro, eles sentem ainda as necessidades matérias que eles tinham quando estavam encarnados, como eles não possuem mais o corpo físico para saciar tais desejos e vícios terrenos, eles vão se servir dos encarnados que possuem esses desejos e vícios.
    Eles vão encostar o seu perispirito no perispirito do encarnado que esta bebendo ou fumando e vão sugar fluidicamente os fluidos da nicotina e do álcool num processo chamado de Vampirismo psíquico, eles são tipo parasitas espirituais.
    É por isso que esses médiuns que usam cachaça e charutos são Vampirizados por espíritos inferiores do plano astral.

    3) Perguntamos.
    Vocês acham que um Espírito Superior um Espírito de Luz vai necessitar de velas, cachaça, cigarros, charutos e despachos???
    Vocês acham que um Espírito Elevado vai pedir sacrifícios de pobres animais????
    Procurem raciocinar.
    Quem pede essas coisas são espíritos que ainda estão presos as necessidades matérias, são espíritos moralmente atrasados.
    E muitos desses espíritos podem ser maldosos e vingativos, cuidado!!
    Os despachos são usados para esses espíritos sugarem as emanações fluídicas dos alimentos que são colocados ali.
    É um bando de Vampiros, isso que eles são.
    E muitas pessoas acham que são Espíritos Elevados que pedem essas coisas, isso é deplorável.
    Esses espíritos que se apresentam como caboclos, índios, pretos velhos, orixás, são espíritos desencarnados que ainda estão com seus pensamentos e sentimentos apegados as coisas matérias, eles precisam se depurar moralmente e se esclarecerem.

    4) O Espiritismo tem por finalidade básica instruir, esclarecer, educar, moralizar e espiritualizar as pessoas, incentivando elas a seguirem o caminho do Bem, da caridade e das virtudes.
    O Espiritismo é uma Escola de esclarecimentos espirituais, um dos seus ensinamentos básicos é desenvolver a Fé raciocinada na mente das pessoas.
    O Espiritismo nas Obras do Mestre Allan Kardec esclarece que não existem milagres e nem fatos sobrenaturais no Universo, todos os fenômenos espíritas e mediúnicos são fenômenos NATURAIS regulados por Leis naturas, eternas e imutáveis.
    O Deus bíblico que realiza milagres, que castiga, que perdoa, que distribui favores não existe, esse é o Deus criado pelos homens.
    Deus criou o homem e o homem criou vários Deuses.
    O Deus bíblico é uma criação humana.
    Esse Deus que sente ira, cólera, raiva, pede sacrifícios de animais, manda exterminar povos estrangeiros, é uma fantasia.
    Deus não faz milagres, Jesus nunca fez milagres, as curas realizadas pelo grande Mestre Jesus eram fenômenos psíquicos Naturais.
    O Mestre Kardec fala em seus livros, que é a falta de conhecimentos das Leis naturais que regem o mundo espiritual que criou a idéia do milagre e do sobrenatural.
    É por isso que a fé no Espiritismo é Racional e não mística.

    5) Existe muitas pessoas que se dizem espíritas e quando começam a falar do Espiritismo, falam de banho de ervas, banho de sal grosso, velas, amuletos, roupas brancas, imagens de santos, vamos ver claramente que não são Espíritas, por que, o Espiritismo ou Doutrina Espírita não prega essas coisas.
    O Mestre Kardec em seus livros não manda ninguém usar velas, amuletos, talismã, roupas brancas, imagens de santos ou anjos, nem fazer despachos ou sacrificar pobres animais, nada disso existe na Doutrina Espírita.
    Portanto, temos que estudar as Obras de Allan Kardec para podermos ter uma visão clara e segura do Espiritismo.
    Sem Kardec não existe Doutrina Espírita.
    Uma outra questão importante, a Umbanda não é Espiritismo.
    A umbanda trabalha com fenômenos mediúnicos, ou seja, a mediunidade, eles entram em contato com os espíritos desencarnados para certos trabalhos.
    Porem, as diferenças entre Espiritismo e Umbanda é muito grande, repetimos, o Mestre Allan Kardec em seus Livros não orienta ninguém a usar velas, amuletos, roupas brancas, imagens de santos, fazer despachos e sacrificar covardemente animais inocentes, isso não tem nada haver com os princípios Doutrinários do Espiritismo.
    Não estou discriminando nada só estou definindo questões Doutrinarias.
    Não podemos misturar coisas diferentes.

    6) Como reconhecer a elevação dos espíritos desencarnados que se apresentam nos trabalhos mediúnicos???
    A Linguagem e os ensinamentos é o ponto chave.
    Os Espíritos Superiores e os Bons Espíritos possuem sempre uma Linguagem moralmente LIMPA, sua linguagem é elevada, nobre, pura, digna, lógica, e sublime de moralidade e seus Ensinamentos possuem sempre um teor Moral elevado e digno, eles pregam sempre em suas comunicações ou mensagens, a Caridade, o Amor, as Virtudes, a Disciplina, a Ordem, a Justiça, a Humildade, a Elevação Moral.
    Os Espíritos Elevados são Virtuosos em seus ensinamentos.
    De um Espírito Elevado só pode vim Virtudes, Luz e Amor.

    Os espíritos inferiores apegados a matéria e aos vícios e desejos terrenos, possuem sempre uma Linguagem moralmente pesada e maliciosa.
    Eles possuem uma Linguagem grosseira, pesada, vulgar, violenta, agressiva, chula, sem lógica e sem elevação moral.
    Desses espíritos só podem vim vícios, mentiras, vulgaridades e grosserias.
    A Linguagem é o ponto chave que devemos analisar sempre nas comunicações mediúnicas.
    Portanto, nas comunicações e mensagens que venha dos espíritos desencarnados temos que analisar com muito cuidado a Linguagem e os ensinamentos dos Espíritos.

    Os espíritos inferiores também gostam de se impor e dar ordens, querem ser obedecidos, não podemos questionar nada, temos que aceitar as suas orientações.
    Esse é um sinal claro de embuste.
    Os espíritos elevados jamais se impõem e nem dão ordens, eles dão conselhos e orientações visando sempre a melhoria Moral e espiritual das pessoas, uma outra questão importante, os Espíritos Elevados nunca vão tratar de assuntos matérias como, volta da pessoa amada, sorte no jogo, sorte com o dinheiro, predizer o futuro, revelar tesouros escondidos, revelar formulas para ficar rico etc…
    Somente espíritos apegados a matéria é que tratam dessas coisas e muitos desses espíritos podem ser obsessores.
    Outra questão importante, os Espíritos de Luz ou Espíritos Superiores e Elevados não possuem necessidades matérias, eles não precisam de velas, charutos, cigarros, cachaça, farofa etc…
    Quem precisa dessas coisas são espíritos apegados a matéria e aos vícios e desejos terrenos, somente isso.
    Vocês acham que os Espíritos de Luz vão pedir essas coisas????
    Procurem pensar.

    7)Existe no mundo espiritual ou plano extra físico muitos espíritos embusteiros, mentirosos, hipócritas, sedutores e mistificadores, o Mestre Allan Kardec chama esses espíritos de os falsos profetas da erraticidade, Kardec explica que esses espíritos embusteiros tomam nomes falsos e usam uma Linguagem melosa e sedutora para enganar as pessoas.
    Como evitar os espíritos mistificadores???
    Primeiro, não podemos aceitar nada que venha dos espíritos desencarnados sem rigoroso exame.
    Segundo, todos os ensinamentos que venham dos espíritos desencarnados têm que passar pelo crivo severo da Razão e da Lógica mais rigorosa possível para poder ser aceito.
    Qualquer ensinamento que choque a lógica, a razão e a moral elevada, deve ser rejeitado, essas são as recomendações DOUTRINARIAS do Mestre Allan Kardec.
    É por isso, que eu procuro raciocinar muito nessas questões, por que, a Fé no Espiritismo tem que ser Racional e não mística.
    Tudo isso que eu coloquei esta nas Obras do Mestre Kardec.

    • Querido amigo Wilson,
      também estudei as obras de Kardec, compartilho da sua opinião em diversos aspectos, mas tome cuidado para não cair na armadilha de discriminar e imprimir ódio em suas palavras aos nossos irmãos umbandistas. Todos têm suas escolhas e são atraídos para o que escolheram antes de reencarnar, a Verdade única e absoluta está muito longe de nós, nesse planeta de provas e expiações. Muitas pessoas confunem espiritismo com umbanda, por conta das comunicações mediunicas, mas isso é normal, as pessoas falam sobre o que não tem conhecimento, não devemos julgar ou nos defender violentamente de algo.
      Colocar o Codificador como um fundador ou Mestre também é equívoco, nosso único mestre deve ser sempre Jesus Cristo e as obras de Kardec são fundamentais, é claro, elas devem ser estudadas porém não tomadas como livros absolutos e sagrados, agindo assim estaríamos impondo dogmas e fazendo do espiritismo uma religião ou seita como tantas existentes. O Amor de Deus e ensinamentos de Jesus estão por toda parte, e os caminhos que ele percorre não cabe a nós julgar. Vamos praticar a caridade em todos os sentidos, até mesmo em nossas palavras.

      Abraço carinhoso e muita luz!

      • Boa Noite!
        Priscila Santos, acabei de lê o seu e-mail sobre um comentário feito por um usuário Wilson. Eu achei muito interessante o seu posicionamento no respeito a religião umbandista, e do cuidado que devemos ter na hora de nos posicionar sobre uma determinada religião, para não gerar nenhum tipo de preconceito. Gostaria de lhe parabenizar pela sua postura, e acredito que com o passar do tempo, as pessoas passarão a respeitar as outras religiões. Não podemos nos esquecer, que existem muitos caminhos, porém, o fim é o mesmo, que é Deus. No dia em que as pessoas passarem a respeitar as religiões, independente, da sua visão, dos seus conceitos e credos, o mundo será um lugar mais fraterno e justo.
        Seja sempre bem vinda e gostaria de lhe informar, que tenho esse blog espírita há uns 6 anos, e através desse mecanismo de informação, procuro expor artigos e textos sobre o espiritismo, sempre respeitando e tendo como parâmetro a Codificação Espírita de Allan Kardec e o nosso Mestre Jesus Cristo. E este blog está constantemente passando por reformulações e alterações na sua estrutura, procurando sempre levar o melhor para os nossos usuários. Contamos com um total de 181 usuários, no qual, recebem as postagens que são publicadas nas suas caixas de e-mails pessoais, totalmente gratuitos.
        Conto sempre com a sua visita e com os seus comentários. Obrigada.

        ROSANE MERAT
        Idealizadora e Responsável técnica

  2. O Espiritismo sem misticismo.

    1)O Espiritismo Não pode ser misturado com crenças místicas, cartomantes, umbanda, candomblé, espiritualismo oriental etc…
    O uso de formulas mágicas e místicas, não tem nenhuma base racional ou Doutrinaria, temos que evitar essas misturas ridículas com a Doutrina Espírita, principalmente, evitar o Sincretismo que é a pior praga usada para contaminar a Pureza do Espiritismo.
    O uso de amuletos, talismã, exorcismos, sinais cabalísticos, medalhas mágicas, palavras sacramentais, cartomancia, são tudo procedimentos místicos sem nenhum valor espiritual.
    E nada disso representa o Espiritismo.

    A questão 554 de “O Livro dos Espíritos” corrobora essa posição. Confiramos:
    P.: “Que efeito pode produzir fórmulas e práticas mediante as quais pessoas há que pretendam dispor do concurso dos Espíritos?”
    R.: “(…) Todas as fórmulas são mera charlatanaria. Não há palavra sacramental nenhuma, nenhum sinal cabalístico, nem talismã, que tenha qualquer ação sobre os Espíritos, porquanto estes são só atraídos pelo pensamento e não pelas coisas materiais”. E continua mais adiante: “Ora, muito raramente aquele que seja bastante simplório para acreditar na virtude de um talismã deixará de colimar um fim mais material do que moral. Qualquer, porém, que seja o caso, essa crença denuncia uma inferioridade e uma fraqueza de ideias que favorecem a ação dos espíritos imperfeitos e escarninhos”.

    Em “O Livro dos Médiuns”, é perguntado aos Espíritos Superiores:
    “Certos objetos, como medalhas e talismãs, têm a propriedade de atrair ou repelir os Espíritos conforme pretendem alguns”?

    R.: “Esta pergunta era escusada, porquanto bem sabes que a matéria nenhuma ação exerce sobre os Espíritos. Fica bem certo de que nunca um bom espírito aconselhará semelhantes absurdidades. A virtude dos talismãs, de qualquer natureza que sejam, jamais existiu, senão, na imaginação das pessoas crédulas”.

    O Codificador Allan Kardec comentou, concluindo e reiterando a total desvinculação do Espiritismo com o pensamento mágico propalado pelas religiões e crenças fetichistas:

    “Os Espíritos são atraídos ou repelidos pelo pensamento e não por objetos materiais (…). Em todos os tempos os Espíritos superiores condenaram o emprego de signos e de formas cabalísticas; e todo Espírito que lhes atribui uma virtude qualquer ou que pretende dar talismãs que denotam magia, por aí revela a própria inferioridade, quer quando age de boa-fé e por ignorância, (…) quer quando conscientemente (…). Os sinais cabalísticos, quando não são mera fantasia, são símbolos que lembram crenças supersticiosas na virtude de certas coisas, como os números, os planetas e sua correspondência com os metais, crenças nascidas no tempo da ignorância e que repousam sobre erros manifestos, aos quais a ciência fez justiça, mostrando o que há sobre os pretensos sete planetas, os sete metais, etc. A forma mística e ininteligível de tais emblemas tem o objetivo de os impor ao vulgo (…), aquilo que não compreende.”

    O Mestre Kardec deixa bem claro, é o pensamento que exerce ação para atrair ou repelir os espíritos desencarnados, nenhum objeto material tem valor ou ação sobre os espíritos.
    Muitas pessoas tem uma idéia errada do Espiritismo no Brasil, devido as influencias místicas e o sincretismo, falam em Espiritismo de umbanda, espiritismo de mesa, espiritismo de terreiro, espiritismo oriental ou ramatisiano, e interpretam a Doutrina Espirita como uma variante da magia.
    O problema esta nas pessoas que pregam o Espiritismo de forma errada, pessoas que se dizem espíritas e falam em banho de ervas, banho de sal grosso, usar velas, usar roupas brancas, fazer despachos, usar imagens de santos, nada disso representa o Espiritismo.
    Essas pessoas são os falsos espíritas, na realidade eles são umbandistas e vão distorcendo os princípios doutrinários da Doutrina Espírita.
    Devemos estar alertas nesses assuntos, umbanda não é Espiritismo.
    Devemos estudar o Espiritismo é nas Obras do mestre Allan Kardec e depois estudar as Obras do grande Leon Denis e no Brasil principalmente estudar as Obras de J Herculano Pires, dessa forma vamos ter uma base Racional e Doutrinaria seria e solida sobre o espiritismo.

    2) Uma questão que eu considero muito importante, é analisar a questão dos espíritos desencarnados que atuam nesses centros de umbanda, candomblé e centros de magia, vejamos, os Espíritos de Luz ou Espíritos Superiores não possuem necessidades matérias, eles estão isentos de atrativos matérias, seus pensamentos e seus sentimentos estão moralmente purificados e depurados, eles não precisam de coisas matérias.
    Os espíritos inferiores estão moralmente apegados a matéria eles precisam dessas coisas matérias, como, cigarros, charutos, cachaça, despachos e sacrifícios de pobres animais, eles absorvem por osmose as emanações fluídicas da bebida e do fumo e sugam os fluidos Vitais que esta no SANGUE dos animais sacrificados nesses rituais sangrentos e primitivos.
    Nunca confie nesses espíritos que se apresentam como caboclos, preto velhos, exu, entidades ciganas, boiadeiros, são espíritos desencarnados apegados a matéria, e muitos desses espíritos podem ser maldosos, maliciosos, sedutores e obsessores, cuidado nesses assuntos, não seja ingênuo, estude Kardec, Leon Denis e Herculano Pires.
    Seja espírita pela fé racional e doutrinaria.

    Um outro alerta que eu quero colocar, que o objetivo sagrado do Espiritismo é melhorar moralmente o ser humano.
    Estudar e praticar esse é o lema do verdadeiro espírita, que procura combater seus maus pensamentos, combater seus vícios, combater seus maus desejos, combater as suas imperfeições morais, ele procura praticar o Bem, a caridade e as Virtudes, dessa forma ele se aproxima dos Bons espíritos e repele a influencia dos espíritos inferiores, perturbadores e obsessores do plano astral.
    Pela elevação moral e mental vamos entrar em sintonia vibratória com os espíritos de luz.

    3)O Espiritismo não adota em suas reuniões: paramentos ou quaisquer vestes especiais; vinho, cachaça, ou qualquer outra bebida alcoólica; incenso, mirra, fumo ou quaisquer outras substâncias que produzam fumaça; altares, imagens, andores e velas; hinos ou cantos em línguas mortas ou exóticas; danças ou procissões; atendimento a interesses materiais, terra-a-terra, mundanos; pagamento de qualquer espécie; talismãs, amuletos, orações miraculosas, bentinhos e escapulários; administração de sacramentos, concessão de indulgências, distribuição de títulos nobiliárquicos; horóscopos, cartomancia, quiromancia e astrologia; rituais e encenações extravagantes; promessas e despachos; riscar cruzes e pontos, praticar, enfim, a longa série de atos materiais oriundos de velhas e primitivas concepções religiosas.
    O Mestre Allan Kardec em seus livros não manda ninguém usar, velas, incenso, amuletos, roupas brancas, imagens de santos, fazer despachos, nem sacrificar pobres animais, quem pratica essas coisas são pessoas ligadas aos cultos afro brasileiro.
    Não estou descriminando nada, só estou definindo questões Doutrinarias.

    4) Vamos reconhecer a elevação dos espíritos desencarnados pela sua Linguagem e pelos seus ensinamentos.
    Os Espíritos de Luz ou Espíritos Elevados possuem sempre uma Linguagem moralmente limpa e elevada.
    Os Espíritos Elevados possuem uma Linguagem pura, digna, nobre, lógica, isenta de vulgaridades e expressões grosseiras, sua Linguagem é sempre Moralizadora incentivando as pessoas a seguirem o Caminho do Bem e das Virtudes.
    Os espíritos inferiores possuem uma Linguagem moralmente pesada e grosseira, sua linguagem reflete as paixões e vícios humanos, como, o ódio, a revolta, o rancor, o medo, o fanatismo, desejos de vingança, apego aos vícios de beber e fumar e outros vícios como a gula, o jogo e as drogas, esses espíritos inferiores estão na atmosfera terrena tentando viver entre os encarnados.
    Os encarnados que possuem maus pensamentos, maus desejos, vícios, e tem uma vontade fraca, são os mais visados por esses espíritos inferiores e obsessores da atmosfera terrena, eles procuram intuir ou inspirar maus pensamentos e vícios na mente das pessoas.
    Para afastar esses maus espíritos, temos que cultivar uma vida terrena digna, correta, honesta, com pensamentos elevados e positivos e procurar sempre combater os maus pensamentos, os maus desejos, os vícios.
    A nossa Conduta Moral tem que ser Reta no Cristo.
    Dessa forma os maus espíritos não conseguem se sintonizar com a nossa mente estamos vibrando em outra faixa, a proteção espiritual quem faz é a própria pessoa, conforme a sua forma de pensar, sentir e agir.
    Tudo depende dos nossos pensamentos, sentimentos e atitudes.
    Vamos concluir que as proteções milagrosas não existem, o Deus bíblico que realiza milagres e fatos sobrenaturais é uma fantasia, as Leis de Deus são naturais, eternas e imutáveis e essas Leis regulam tudo no Universo material e espiritual, cada pessoa conforme seus pensamentos e suas ações vai atrair bons ou maus espíritos.
    Deus vai me proteger quando eu estou vibrando bons pensamentos e bons sentimentos, por que, dessa forma eu entro em sintonia com os Espíritos de Luz atraindo assim a proteção luminosa desses seres.
    Os Espíritos de Luz não podem se aproximar de pessoas que estejam vibrando maus pensamentos, maus sentimentos, vícios e tendo atitudes negativas, pela Lei das atrações psíquicas os iguais se atraem e os diferentes se repelem.
    Depende de Nós atrair uma assistência espiritual boa ou má.
    Depende de nós e não de Deus.

    5) O Espiritismo bem estudado nas Obras de Allan Kardec, mostra que Deus não realiza milagres e nem fatos sobrenaturais, as Leis de Deus são naturais, eternas e imutáveis, e essas Leis regulam tudo no Universo material e espiritual, tudo é harmonia, sabedoria e evolução na Obra Divina.
    Deus o Grande Foco é a Perfeição Completa e Absoluta e Ele só cria coisas perfeitas e positivas, suas Leis naturais promovem a Evolução de todos os espíritos encarnados e desencarnados, até os minerais, vegetais e animais estão evoluindo para o Grande Foco, como explica o Mestre Luiz de Mattos.
    Deus é Ciência.
    E é pela Ciência e pela depuração Moral que vamos chegar ate o Criador incriado.
    O espírito se reencarna no mundo terra é para Vencer as suas imperfeições morais pela pratica do Bem, da Caridade e das Virtudes divinas, estamos na matéria é para Dominar a matéria e brilhar a nossa Luz.
    O nosso DEVER é sermos pessoas boas, corretas, honestas, cordiais, educadas, solidarias, dignas, caridosas, cultivar a prece sincera, cultivar pensamentos elevados e positivos, cultivar sentimentos nobres, ajudar os necessitados, ajudar e amparar os animais, combater os vícios, combater os maus pensamentos, combater os maus desejos, combater a imoralidade, nós somos filhos da Grande Luz, em nossa essência somos Deuses.
    Disse o Mestre Jesus, vois sois deuses.
    Você é uma centelha de Luz ou centelha divina que pensa e sente, dentro de você, você é um Espirito eterno em evolução para a Unidade com o Criador.
    Busquemos essa Unidade pela nossa depuração moral e intelectual, realizando as Obras do Cristo.

    Feliz Natal para todos.
    Wilson Moreno

    • Em resposta ao comentário feito por WILSON MORENO no dia 28/12/2013, gostaria de lhe agradecer pela sua visita ao Blog Espírita “Artigos Espíritas – Luz da Razão”, e também pelo seu comentário referente ao tema postado “O Espiritismo sem Misticismo”.
      O que eu posso lhe dizer, é o seguinte:
      – Em relação ao uso de amuletos, exorcismos, cartomancia e rituais em geral; é uma questão cultural, que vem sendo transmitida desde o início da Humanidade.
      É através do interesse das pessoas em se instruírem, de saber distinguir o que é certo ou errado, que vão se libertando desses velhos rituais.
      E isso é um processo contínuo, ou seja, de longa duração. O mais importante de qualquer tipo de conhecimento que o homem possa ter ao longo de sua vida, é a sua
      transformação moral, e em consequência disso, a sua libertação dos seus vícios morais, que não é um processo fácil de realizar.
      Na verdade, é através dos nossos atos e pensamentos, que atraímos Espíritos do mesmo nível vibratório que o nosso.
      – Em relação ao Candomblé, Umbanda, etc., essas religiões de origem Africana, tem a sua importância e devem ser respeitadas. Porém, não podemos nos esquecer que os
      mesmos espíritos que se manifestam nas sessões de Umbanda ou Candomblé, são na realidade, os espíritos dos homens desencarnados, com os seus defeitos e qualidades.
      É necessário que aja uma mudança por completo, no Homem, para que esse mesmo Homem tenha condições morais e intelectuais (fé raciocinada) para realizar mudanças nas
      religiões; independente de serem “Afro-Brasileira”, “Igrejas Evangélicas”, “Igrejas Católicas”, e até mesmo no próprio Espiritismo.
      Cada religião tem a sua importância, pois é necessário que o Homem aprenda à pensar por si mesmo, para não servir de massa de manobra, ou ser ludibriado por
      qualquer tipo de doutrina religiosa.
      É o conhecimento, a transformação moral, que é capaz de libertar o Homem da sua própria ignorância ou até mesmo arrogância, que muitas das vezes, é refletida em
      diversas camadas religiosas.
      – Em relação à Doutrina Espírita, no qual eu faço parte há uns 07 anos, tive a chance de conhecer uma religião que procura mostrar de forma prática e bem simples,
      que é imprescindível à transformação moral e também intelectual do homem, e certamente será refletida no seu dia-a-dia com as demais pessoas.
      O Espiritismo é muito rico em conhecimento, começando em primeiro lugar pela CODIFICAÇÃO ESPÍRITA de ALLAN KARDEC, tendo como auxílio os Espíritos Superiores,
      tais como: SÃO JOÃO EVANGELISTA, SANTO AGOSTINHO, O ESPÍRITO DA VERDADE, SÓCRATES, EMANUEL VON SWEDENBORG, etc…etc… (Livro dos Espíritos – Introdução –
      página: 63). E como apoio, os inúmeros autores e médiuns espíritas, como: Cairbar Schutel, Francisco Cândido Xavier, Divaldo Pereira Franco, Raul Teixeira, e
      entre outros.
      A Doutrina Espírita tem uma literatura muito rica, na qual deve ser estudada e analisada sobre o crivo da razão.
      – Em relação à mídia (televisão, rádio, jornais, internet, …), é necessário fazer uma interpretação de forma lógica, sobre tudo o que é exposto nesses canais de
      comunicação. E tendo como parâmetro as obras da Codificação de Kardec, e como auxílio alguns escritores e médiuns espíritas. Somente através do conhecimento, de
      um estudo sólido, que teremos condições de distinguir o que é certo ou errado no Espiritismo. Não podemos esquecer, que o conhecimento doutrinário é de suma
      importância; porém, à prática desse conhecimento em nosso dia-a-dia, é muito mais valioso nessa vida e em outras vidas futuras.

      . Gostaria imensamente de lhe agradecer por sua visita ao blog, e também por seu comentário. Caso tenha algum tipo de interesse, eu sou responsável por outros blogs
      espíritas e gostaria que você os conhecesse. São os seguintes:

      http://conhecimentoespirita.bloggratuito.net
      http://reflexoesespiritas.blogs.sapo.pt
      http://reflexoesreligiosasluzdoconhecimento.blogspot.com
      http://pensamentos-reflexoes-espirita.webnode.com

  3. Obrigado pela atenção e pela resposta, eu procuro estudar o Espiritismo dentro da sua pureza Doutrinaria sem a intervenção dos misticismos e sincretismo, tenho vários textos que eu mesmo escrevo, estudar o Espiritismo é fascinante e também perigoso.
    Sobre a umbanda e o candomblé devemos tomar cuidado, os espíritos elevados não precisam de coisas matérias, somente espíritos apegados a matéria e aos vícios e desejos terrenos é que pedem tais coisas, como cachaça, charutos, cigarros, despachos e sacrifícios de pobres animais.
    Os espíritos de Luz ou espíritos elevados não tem essas necessidades matérias e muitos espíritos que se manifestam nesses centros de umbanda e candomblé são espiritos inferiores e obsessores, eles se apresentam com uma Linguagem melosa, doce e suave para enganar e mistificar, demos tomar cuidado nesses assuntos.

    Vejamos as palavras de Chico Xavier sobre essa questão.
    Para espíritos de luz, ou seja, espíritos superiores e puros, não existem necessidades materiais. Os espíritos que trabalham nos terreiros, em sua grande maioria, são aqueles que ainda guardam grandes necessidades das sensações terrenas e por isso usam os médiuns para absorvelas; quando não têm, fazem-no através dos despachos. São, na classificação da Doutrina Espírita, chamados de espíritos mais simples. É claro que existem aqueles outros que, mesmo tendo condição moral mais elevada,
    manifestam-se nos terreiros de Umbanda, guardando os procedimentos ali adotados.

    Chico Xavier fala, que os Espiritos de Luz não possuem necessidades matérias.

    O perigo das macumbas, muitas pessoas nada sabem desses perigos. Os Espíritos de Luz ou Espíritos Superiores já mais vão pedir charutos, cachaça, cigarros,sacrifícios de animais e despachos, essas praticas só podem atrair pela sintonia vibratória espíritos desencarnados apegados a matéria e aos vícios terrenos, ou seja, espíritos inferiores e obsessores.Os Espíritos Superiores são Virtuosos em seus ensinamentos, eles procuram moralizar, educar e espiritualizar os seres humanos, incentivando a pratica sincera do bem e das Virtudes. Os espíritos apegados a matéria tratam de assuntos vulgares sem elevação moral, assuntos, como, sorte no jogo, volta da pessoa amada, sorte com as mulheres, melhoria nas finanças, trabalhos para prejudicar desafetos etc. Os Espíritos Superiores já mais vão se manifestar num centro para pedir charutos, cachaça e sacrifícios de pobres animais, isso é ridículo, os animais são nossos irmãos menores na escala evolutiva, devemos respeitar e amar os animais, quem pede esses absurdos são os espíritos da escuridão, cuidado, muito cuidado, eles gostam de enganar as pessoas usando uma linguagem melosa, suave, doce, com palavras bonitas, eles falam macio, tudo para seduzir as pessoas que estão nesses ambientes de baixa espiritualidade. Eles também usam Nomes pomposos, importantes e sedutores para mistificar. Vou deixar uma pergunta, vocês acham que os Espiritos de LUZ vão pedir despachos, cachaça, charutos, sacrificios de pobres animais inocentes??? O ser humano é um Espirito encarnado no mundo terra para evoluir e se melhorar moralmente, ser bom, honesto, correto, trabalhador, sem vicios, cultivar as Virtudes e os valores morais superiores, é seu DEVER, cumprindo com o seu dever moral ele consegue vencer e evoluir.Devemos nos afastar dos ambientes de baixo nivel moral, por que, nesses ambientes perambulam espiritos inferiores e pertubadores. O ser humano é composto de dois elementos Espirito e materia, o Espirito é a Força inteligente o ser pensante, a materia corporal não pensa e nem sente, portanto, se conhecer como Espirito encarnado com Deveres Morais para cumprir já é uma iniciação para as verdades superiores.

    Um abraço
    Wilson Moreno

  4. Sacrifícios de animais.

    Eu tenho algumas observações de um site chamado espiritismo verdadeiro que coloca algumas questões importantes sobre esse tema.
    Vejamos.

    Matar um animal como uma ave, com a intenção de uso do sangue para uma oferenda ou oferta para exus ou outras entidades como são praticados em algumas seitas religiosas.

    O sangue que cai é totalmente negativo em sua essência, quando cai sobre uma pedra, grama ou terra, tudo que toca se torna em termos de energias espirituais em estado negativo da criação.

    Como o nome já diz, energia da Criação e não da destruição.

    Tudo que existe na natureza tem vida, não a vida como a conhecemos, mas a vida em estado latente da evolução, vida vegetal, vida animal, vida mineral, tudo que conhecemos que foi criado por Deus tem vida, tem espírito, a natureza foi criada por Deus, em toda à parte.

    Quando destruímos a natureza animal ou vegetal, de certa forma estamos destruindo a criação de Deus.
    A morte de um animal, para servir a nossa vaidade, cobiça, servindo de oferenda em seitas religiosas, com o propósito de se pedir riquezas ou sorte a uma entidade espiritual é um verdadeiro desastre.

    Deus nunca daria proteção a uma causa que não fosse fundamentada no amor ao próximo, na caridade no respeito a vida e a tudo que Cristo veio nos ensinar.

    AMOR AO PRÓXIMO TAMBÉM É AMAR OS ANIMAIS, AMAR A NATUREZA, É AMAR A VIDA.

    Sacrifício de animais em seitas gera energias negativas, contamina espiritualmente até o solo em que foi derramado o sangue, contamina quem está praticando o ato e o espírito que com certeza é sem evolução que está ali presente.

    Para satisfizer espíritos de pouca evolução, pouco conhecimento, sem fé em Deus, pessoas que se auto intitulam de Pai de Santo, Mães de Terreiro, pedem os chamados despachos que são feitos com animais mortos, farinha, bebidas, charutos ou cigarro, sangue, e tudo mais que eles imaginam, sempre com a finalidade de se prestar um tipo de sacrifício ao espírito que ali se diz atuar.

    Em certas religiões são praticadas as oferendas de matanças de animais, como aves, nestas oferendas eles bebem sangue humano e de animais, só para impressionar quem está ali, usam para isso seus cavalos, (médiuns da religião de origem afro), fazem um verdadeiro teatro de horrores.
    Este tipo de espírito que ali está atuando como uma divindade, na verdade é uma fraude, com este procedimento ele consegue provocar o medo e o respeito, tirando assim qualquer possibilidade de que alguém duvide deles, com isso conseguem sempre mais e mais adeptos, tanto entre os encarnados como no plano espiritual.
    Não estamos colocando aqui o seguimento sério da religião Umbanda e nem do Candomblé, estas religiões já se desenvolveram, já estão em um nível de conhecimento maior.
    O que estamos colocando aqui são pequenas seitas e centros formados em fundo de quintal, com seus orientadores ou chefes de terreiro sem preparo nenhum, usam o nome de entidades e do espiritismo sem fé verdadeira em Deus, a única finalidade é o dinheiro e o poder.

    Espiritismo Verdadeiro
    Espiritualista

    Espíritos já antigos em suas várias encarnações que passaram ao lado obscuro do Plano Espiritual, costumam a viver como rebeldes, procuram formar suas legiões, como bandidos aqui neste mundo que formam quadrilhas, para isso usam o medo e o terror.
    Sem ter possibilidade de manipular com forças (energias) positivas, forças da energia de Deus, costumam trabalhar com energias negativas que sobram à vontade hoje em dia na maldade humana.

    Manipulam estas energias para fazer o mal, enganar pessoas encarnadas e desencarnadas, sempre com a finalidade de dominar, subjugar e trazer o máximo possível de almas a seguirem o mesmo caminho que tiveram em suas vidas espirituais.
    Para conseguir o que querem, moldam seu perispírito com outra aparência, às vezes de animal, cobra, bode, seres com chifres, e outros demônios do imaginário humano, vestimentas folclóricas representando antigos cangaceiros, matadores, executores, as vezes até índios.

    Se fazem passar por uma entidade espiritual, sempre para enganar as pessoas, provocar medo, conseguir respeito, este medo funciona até no plano espiritual em outros espíritos menos evoluídos, sem conhecimento.
    Fingem que fizeram um exorcismo ou uma desobsessão quando na verdade a finalidade é enganar e subjugar se mostrar com poder, dizem- se capazes de proteger, resolver problemas conjugais e de amor, trazer de volta amores separados, costumam dar a entender que conseguem colocar as pessoas em destaque em seu trabalho facilitando a vida financeira.

    Espiritismo Verdadeiro
    Espiritualista

    Espíritos apesar de já estarem desencarnados, sabem que em no nosso plano, em nosso mundo, o dinheiro representa o poder, sentem falta do luxo e da volúpia, também a falta do sabor da bebida alcoólica, do cigarro ou charuto.

    Todos estes sintomas são de espíritos sem evolução que ainda estão completamente ligados ao plano material, já não pertencem mais a este mundo, sabem disso, mas vivem e tem sensações como ainda encarnados.
    Para se satisfizer usam pessoas com pouca informação, pouco desenvolvimento espiritual, pedem os chamados despachos que são feitos com animais mortos, farinha, bebidas, charutos ou cigarro, sangue, e tudo mais que eles imaginam.

    Quando seus médiuns, “cavalos”, como são chamados em religiões de origem afro, quando se incorporam, estes espíritos tem frações de segundos as mesmas sensações que tinham quando ainda em suas vidas anteriores

    Em certas religiões são praticadas as oferendas de matanças de animais, como aves, nestas oferendas eles bebem sangue humano e de animais, só para impressionar quem está ali.

    Este tipo de espíritos procura sempre com este procedimento provocar o medo e o respeito de quem tem pouca informação a este respeito, tirando assim qualquer possibilidade de que alguém duvide deles, com isso conseguem sempre mais e mais adeptos.

    Espiritismo Verdadeiro
    Espiritualista

    Espíritos quando estão em um plano de existência negativo a Deus, seus corpos espirituais, (perispírito) são como trevas, escuros, sem luz, sua força espiritual é nula, na verdade não conseguem fazer nem o bem nem o mal, falta o mais importante para eles, “a fé”.

    Os despachos ou macumbas feitas por pedidos destes espíritos não tem valor nenhum quanto ao poder de modificar ou não a vida de alguém, são usados ali produtos que tem correlação com os vícios humanos, partes de animais, aves mortas, fumo e bebidas alcoólicas.

    O ato em si tem valor espiritual, mas contra quem está praticando, quem está acreditando naquele poder da matéria que não existe, oferendas com animais e alimentos ou bebidas geram energias negativas a quem pratica e até ao ambiente em que ela é feita.

    Para que se consiga algo de bom para nossa vida não é necessário o uso de matéria, a força está no espírito, na fé em Deus, se formos merecedores de uma bênção seremos abençoados com a graça.
    Oferendas, despachos em encruzilhadas, derramamento de sangue de animais, vícios como Alcoolismo e Tabagismo justamente durante cultos religiosos são extremamente negativo a Deus, atos dessa natureza não tem nada a ver com Jesus Cristo, nem com o amor ao próximo que Jesus nos ensinou, não é bem aceito na sociedade civilizada.

    Nossos irmãos encarnados que praticam estes atos cultuando uma forma de louvor a Deus estão no Plano Negativo da existência, tanto no mundo material como no Plano Espiritual.
    Cargas extremas de energias negativas, seus corpos espirituais, (perispírito) são como trevas, escuros, sem luz, sua força espiritual é nula, na verdade eles não conseguem fazer nem o bem nem o mal, falta o mais importante para eles, “a fé”.

    Se por um acaso alguém se acha com um problema resolvido nestes lugares, é sua própria força e sua própria fé que o ajudou, não espíritos que se fantasiam para isso.

    Fonte Site Espiritismo Verdadeiro.

    Wilson Moreno na busca da Verdade.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s