Recomecemos

Imagem relacionada

Sucedem-se os anos com matemática precisão, mas os dias são sempre novos.

Dispondo, assim, de trezentas e sessenta e cinco ocasiões de aprendizado e recomeço, anualmente, quantas oportunidades de renovação moral encontraremos, no abençoado período de uma existência?

Conservemos do nosso passado o que for bom e justo, belo e nobre. Mas não guardemos os detritos e as sombras, ainda mesmo quando mascarados de encantador revestimento.

Não coloquemos em ombros alheios a realização de ações que expressem fraternidade real. Tomemos a iniciativa e façamos o melhor ao nosso alcance.

Cada hora que surge pode ser portadora de reajustamento.Leia mais »

Anúncios

Na Escola

Resultado de imagem para na escola

A Terra é uma grande e abençoada escola, em cujas classes e cursos nos matriculamos, solicitando – quando já possuímos a graça do conhecimento – As lições necessárias à nossa sublimação.

Todas as matérias que constituem o patrimônio do educandário, se aproveitadas por nossa alma, podem conduzir-nos aos resultados que nos propomos atingir.

Não existe, porém, ensinamento gratuito para a comunidade dos aprendizes.

Cada aquisição tem o preço que lhe corresponde.

A provação da riqueza é sedutora, mas repleta de perigos cruéis.

A passagem na pobreza é simples e enternecedora; contudo, oferece tentação permanente ao extremo desespero.Leia mais »

O Espiritismo pergunta?

Resultado de imagem para o espiritismo pergunta

Meu irmão, não te permitas impressionar apenas com as alterações que convulsionam hoje todas as frentes de trabalho e descobrimentos na Terra.
Olha para dentro de ti mesmo e mentaliza o futuro .
O teu corpo físico define a atualidade do teu corpo espiritual.
Já viveste, quanto nós mesmos, vidas incontáveis e trazes, no bojo do espírito, as conquistas alcançadas em longo percurso de experiências na ronda de milênios.
Tua mente já possui, nas criptas da memória, recursos enciclopédicos da cultura de todos os grandes centros do Planeta.
Teu perispírito já se revestiu com porções da matéria de todos os continentes.
Tuas irradiações, através das roupas que te serviram, já marcaram todos os salões da a ristocracia e todos os círculos de penúria do plano terrestre.
Tua figura já integrou os quadros do poder e da subalternidade em todas as nações.
Tuas energias genésicas e afetivas já plasmaram corpos na configuração morfológica de todas as raças.
Teus sentidos já foram arrebatados ao torvelinho de todas as diversões.
Tua voz já expressou o bem e o mal em todos os idiomas.
Teu coração já pulsou ao ritmo de todas as paixões.
Leia mais »

A Oração Coletiva

Resultado de imagem para A Oração Coletiva

No excepcional livro “Nosso Lar”, ditado pelo espírito André Luiz e psicografado por Francisco Cândido Xavier, temos no capítulo 3 um apontamento muito interessante, pelo que devemos despender grande tempo de meditação sobre o assunto: A Oração Coletiva.

André Luiz nos narra o cenário no momento dessa oração, onde é dirigida pelo Governador da Colônia. Envolvendo-nos com o texto, imaginamos grande número de irmãos da Colônia se dirigirem para aquele momento sublime, sendo que todos os demais acompanham em suas residências e instituições através da audição e visão a distância.

Observemos bem a orientação dada para André Luiz: “Todas as residências e instituições de Nosso Lar estão orando com o Governador, …”. O esclarecimento é claro, e destacamos este comentário por fazer toda diferença neste capítulo, pois poderiam ser apenas algumas ou quase todas, o que não seria a mesma coisa.Leia mais »

O Trabalho – uma bênção de Deus

Quando Kardec pergunta aos Espíritos o que é trabalho, a resposta do Plano Espiritual é contundente: Trabalho é toda ocupação útil (“O Livro dos Espíritos”, q. 675). Para entendermos esta resposta, temos que admitir o trabalho como sendo uma lei divina.

Jesus, quando encarnado entre nós, disse-nos: “Meu Pai trabalha incessantemente, e eu trabalho também.” – João, capítulo 5, v. 17. Nesta expressão, o Mestre, de certo modo, consagra o trabalho como uma lei.

É com base neste conceito de utilidade que vislumbramos o trabalho como algo necessário à vida; a vida no seu sentido mais amplo, uma vez que não podemos deixar de considerá-la em outros mundos.

Há quem ache o trabalho um castigo de Deus, diante do incidente envolvendo as figuras mitológicas de Adão e Eva, no jardim do Éden. “Do suor do teu rosto comerás o teu pão…” (Genesis, cap. 3:19). Para nós, espíritas, o trabalho, longe de ser um castigo, é antes de tudo uma oportunidade de progresso. Sem o trabalho, nós estaríamos condenados eternamente à estagnação. Não evoluiríamos.

Graças ao trabalho, o homem tem modificado o mundo. As cidades, com seus grandes edifícios, são resultados do trabalho. A face do Planeta muda a todo instante, devido à ação persistente do homem, na busca de melhores condições de vida. É esta a parte visível da transformação que não cessa e, ao que tudo indica, parece não ter fim.Leia mais »

A Grande Mentira

Resultado de imagem para A Grande Mentira religião

Debalde respeite todas as crenças, não posso deixar de expressar a certeza que guardo acerca da continuidade da vida, nas múltiplas esferas e dimensões do Universo.

Às vezes, fico a imaginar quantas pessoas já deverão ter passado, continuam passando ou ainda irão passar por experiências pessoais que transcendem a matéria em nosso meio, obtendo a bênção da possibilidade de despertar para a realidade espiritual que nos circunda a existência…

Possibilidade, pois, muitos, mesmo com provas incontestes presentes, costumam inventar as mais banais desculpas para refutarem a análise do raciocínio lógico.

Aqui, faço alusão a uma plêiade de dotes mediúnicos que todos nós temos (variando de grau e intensidade de acordo com a sensibilidade de cada indivíduo).

Por outro lado, de fato, estamos há milênios acostumados a vivenciar uma fé cega e sectária, e as mudanças que acontecem neste ínterim não são bruscas, como observamos na História.Leia mais »

Brilhe a vossa Luz!

Resultado de imagem para brilhe a vossa luz

Vós sois a luz do mundo. Não se pode esconder uma cidade edificada sobre um monte… Assim, resplandeça a vossa luz diante dos homens, para que eles vejam as vossas boas obras e glorifiquem vosso Pai, que está nos céus. – Mateus, cap. 5, vv. 14 e16.

A luz simboliza o conhecimento, a revelação, as descobertas, em oposição às trevas, que representam a ignorância, a inferioridade e o atraso. Onde haja luz, as trevas não ocupam lugar. Jesus reforça esta tese, ao nos dizer: “A luz ainda está convosco por um pouco de tempo; andai enquanto tendes luz, para que as trevas não vos apanhem; pois quem anda nas trevas não sabe para onde vai”. – Lucas, cap. 12, v.35.

O  Mestre  se  declara  como  sendo  a própria luz, o modelo de homem de bem (“O Livro dos Espíritos”, q. 625), a que todos nós devemos imitar e seguir. Suas lições, contidas no Evangelho, são gotas de luz que enobrecem e elevam a alma para Deus.

Ao   recomendar   a   seus   discípulos:  “Brilhe a vossa luz”, o Divino Amigo estava encorajando-os a ir a campo e anunciar ao povo a Boa Nova. Era um trabalho árduo, que exigia de cada enviado do Mestre muita coragem, determinação e capacidade de persuasão.Leia mais »

Um Espírita no Umbral

Resultado de imagem para Um Espírita no Umbral

Um homem de 55 anos, espírita, sofreu um acidente e morreu de repente. Ele se viu saindo do corpo e chegando a um lugar escuro, feio, tétrico, com energias muito negativas.

Assim que começou a caminhar por aquele vale sombrio, viu três espíritos vestidos com capa preta caminhando em sua direção. Assim que chegaram, o homem perguntou:

– Que lugar é esse?

– Aqui é o que vocês espíritas chamam de umbral – disse um dos espíritos. O homem ficou chocado com aquela informação. Mal podia acreditar que estava no umbral. Considerou que talvez estivesse ali para participar de alguma atividade socorrista aos espíritos sofredores. O espírito negativo, que lia seus pensamentos, respondeu que não. Ele estava ali porque o umbral era a zona cósmica que mais guardava sintonia com suas energias.Leia mais »