A Nova Ordem

Resultado de imagem para a nova ordem espiritismo

“Que as claridades do mundo maior possam iluminar vossos Espíritos nesta caminhada terrena, novos apóstolos da fé! Queremos alerta-los para o grave momento em que viveis em vossas experiências como trabalhadores do Senhor. Sabeis que abraçais tarefa de grande responsabilidade e somente podereis ter êxito nesta empreitada se vos dispuserdes a compreender a natureza dela. Sois servos de Deus e fostes chamados ao santo ministério de disseminação da Palavra aos homens por vossa boa vontade em servir.

Tendes, porém, que vos revesti do conhecimento sobre o terreno em que pisais a fim de que não permitais que as cobras e serpentes vos mordam pelo caminho. Estais incumbidos de vivenciar e espalhar as verdades da doutrina de Jesus à luz dos ensinos dos Espíritos superiores. A Terceira Revelação vos foi deixada por Allan Kardec para que pudésseis compreender melhor o que quis dizer Jesus em seus discursos e vos trazer um entendimento superior sobre a vida e suas conseqüências.  

Deveis compreender, porém, que os homens ao longo dos séculos, construíram um edifício de pensamento no qual depositaram todos os seus interesses de poder e ganho e colocaram nele o nome de religião. Utilizaram-se da mensagem trazida por Jesus para atrair o maior número de pessoas possível para suas hostes, construindo assim um império temporal, porém muito poderoso.

No tempo em que houve uma saturação da imoralidade, e quando o Alto achou que deveria intervir mais ostensivamente nesse processo, enviou um bom instrumento para alertar a Igreja sobre seus feitos, desencadeando assim um cisma do qual nunca mais ela se recuperaria. Estavam, pois, postas novas cartas nesse jogo e novas pedras nesse edifício. Sem sustentar tamanho abalo em seus alicerces, a nova ordem, chamada Reforma, tomou um novo rumo e desencadeou um reflorescimento das idéias e o encontro do homem com sua capacidade de pensar por si mesmo.

Estruturado em cima do pensamento paulino, que ensina que o homem para encontrar a paz basta que busque e ache Deus através de Jesus, logo a nova doutrina encontrou forças, retomando o caminho do Cristianismo primitivo estabelecido por Paulo de Tarso e pelos mártires do primeiro século. Em todos os lugares via-se florescer a vontade de conhecer a Lei e nas casas e campos viam-se as pessoas reunidas, lendo e refletindo sobre as Escrituras. Era o alvorecer de um novo tempo, de novo comportamento para a humanidade.

Após algum tempo, necessário para que outras transformações se dessem, chega até vós o alicerce da Terceira Revelação, completando, pois o ciclo de ensinamentos programados pelo Pai, detentor de toda a sabedoria. Essa mensagem não poderia ser outra senão a voz do Espírito de Verdade, o Espírito de Deus que soprou em Paulo, depois em Lutero e finalmente em Allan Kardec, trazendo ao homem o entendimento da Verdade.

Entretanto, o edifício da religião oficial não poderia sofrer mais um baque e logo seus prepostos, no mundo espiritual trataram de semear a dúvida, a incerteza no coração dos homens, ditando uma obra concomitante ao trabalho do mestre lionês. Encontrando ressonância no coração dos católicos, esta obra chegou a este país quase que imediatamente ao seu aparecimento e plantou aqui uma semente que traria (e trouxe) conseqüências inevitáveis para os rumos do Cristianismo. Estabeleceu-se então um novo catolicismo com a capa de Espiritismo, pois a sutileza do ensino facilitou o trabalho dos Espíritos que desejavam manter o mesmo espírito de atraso, de hipocrisia e de comodismo.

Estruturado o alicerce, fácil foi construir o edifício de fantasias, estimulando unicamente o ego dos orgulhosos que se afinizaram com esse pensamento. Grande estrago causou à divulgação da Verdade, porém quase ninguém percebeu o engodo e por muitos e muitos anos o erro foi posto como verdade entre pessoas de bem. Porém, já é tempo dos Espíritos de Deus estabelecer a paz no coração dos homens e por isso buscou grupos que pudessem afinizar-se com os pensamentos existentes nas Escrituras Sagradas a fim de que pudessem colocar a nova ordem, desmontando a hipocrisia.

Sabeis, pois, que vossa tarefa é bem espinhosa e deveis ter cautela, pois os lobos tentarão atacar vossos redis, com a sutileza que sempre os caracterizou e vós deveis ter os vossos corações vigilantes e vossas mentes abertas às instruções dos guias espirituais. Não temais! Só os lobos caem em armadilhas de lobos. Não vos intimideis diante das dificuldades e do ataque do mal. Jesus vos proverá em vossas dúvidas e incertezas. Lembrai-vos: o desânimo é falta de fé!. Ânimo, pois, caros filhos. Avante e que o Pai Celestial vos proteja de todo o mal”. –Erasto.

Espírito: Erasto.
Sociedade de Estudos Espíritas Allan Kardec
São Luís – Maranhão                     Data da Publicação: 12/03/2002

Site:  Espiritismo – Farol da Vida

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s