Estudos Espíritas sobre o TOC

Imagem relacionada

A saúde, sob qualquer aspecto considerado – físico, mental, emocional, moral – é patrimônio da vida, que constitui meta a ser conquistada pelo homem e pela mulher no processo da sua evolução. Engrandecendo-se o ser por meio dos esforços que empreende na conquista dos múltiplos valores nele adormecidos, penetra-os, no mundo íntimo, a fim de exteriorizá-los em hinos de alegria e de bem-estar.

Porque desperdiça as oportunidades que deveriam ser utilizadas em favor da auto-iluminação, da conscientização de sua realidade, infelizmente envereda pela trilha dos prazeres exorbitantes e deixa-se arrastar pelos vícios perniciosos, estacionando na marcha ascensional e sofrendo as seqüelas que a insensatez lhe brinda, em forma de conseqüência dolorosa quase imediata. Continuar lendo

Transtorno Obsessivo Compulsivo e suas Consequências

Imagem relacionada

O que é Transtorno obsessivo-compulsivo?

“Pensamentos Obsessivos são um conjunto de pensamentos focados no perigo”.

O Transtorno Obsessivo Compulsivo é um estado mental que deriva da Ansiedade.

A Ansiedade é um processo físico que mantém a pessoa em alerta, provocando um estado de vigília, no qual todo o corpo fica preparado para reagir a agressões exteriores e o cérebro fica com maior agilidade de raciocínio, absolutamente focado num pensamento, numa tentativa de, perante o medo, conseguir encontrar uma solução.

A este conjunto de pensamentos focados no perigo chamam-se pensamentos obsessivos, pois enquanto o perigo não desaparecer os pensamentos de proteção também não desaparecem.

Sua principal característica é a presença de crises recorrentes de pensamentos obsessivos, intrusivos e em alguns casos comportamentos compulsivos e repetitivos. Continuar lendo

Humildade e Orgulho

Resultado de imagem para humildade e orgulho

O Espiritismo sanciona pelo exemplo a teoria, mostrando-nos na posição de grandes no mundo dos Espíritos os que eram pequenos na Terra; e bem pequenos, muitas vezes, os que na Terra eram os maiores e os mais poderosos.  E que os primeiros, ao morrerem, levaram consigo aquilo que faz a verdadeira grandeza no céu e que não se perde nunca:  as virtudes, ao passo que os outros tiveram de deixar aqui o que lhes constituía a grandeza terrena e que se não leva para a outra vida:  a riqueza, os títulos, a glória, a nobreza do nascimento.  Nada mais possuindo senão isso chegam ao outro mundo privados de tudo, como náufragos que tudo perderam, até as próprias roupas.  Conservaram apenas o orgulho que mais humilhante lhes torna a nova posição, porquanto vêem colocados acima de si e resplandecentes de glória os que eles na Terra espezinharam.

O Espiritismo aponta-nos outra aplicação do mesmo princípio nas encarnações sucessivas, mediante as quais os que, numa existência, ocuparam as mais elevadas posições, descem, em existência seguinte, às mais ínfimas condições, desde que os tenham dominado o orgulho e a ambição.  Não procureis, pois, na Terra, os primeiros lugares, nem vos colocar acima dos outros, se não quiserdes ser obrigados a descer.  Buscai, ao contrário, o lugar mais humilde e mais modesto, porquanto Deus saberá dar-vos um mais elevado no céu, se o merecerdes. Continuar lendo