Aborto

 aborto1

Estou grávida. No entanto, não quero este filho e pretendo abortá-lo. O que o Espiritismo acha disso?

A vida corporal é bendita oportunidade concedida por Deus para o engrandecimento da alma.

Ao contrário do que muitos imaginam, desde a concepção o espírito reencarnante já se encontra vinculado ao corpo em formação e, em especial, à mãe. As informações espíritas nesse sentido foram corroboradas por psiquiatras e psicológicos, nas experiências de regressão da memória, mediante indução ou hipnose, pelas quais diversas pessoas deram relatos da vida intra-uterina, destacando-se o trabalho feito pela Drª Welen Wambach, psicóloga americana, publicado no livro “Life Before Life”, ou “Vida Antes da Vida”. Leia mais »

Sofrimento

O que é o Sofrimento para o Espiritismo?
Todos nós que habitamos este planeta enfrentamos lutas, obstáculos, problemas, dificuldades. Quem se diz isento de problemas é porque tem vivido egoisticamente, sem se preocupar com a dor do próximo. Ao contrário do que costumamos acreditar, tudo isso não é castigo de Deus, que é amor e justiça em perfeição e deseja a nossa felicidade. São provas necessárias ao nosso aprimoramento; sem elas, seríamos ainda trogloditas das cavernas, ignorantes e selvagens. Graças à necessidade de lutar contra as adversidades é que alcançamos o progresso intelectual e o aprimoramento das relações humanas, embora este caminhe a passos de tartaruga em comparação com aquele.Leia mais »

Espiritualidade: Ódio e Amor

Depois da morte, o que tem mais força, o ódio ou o amor?

O amor é o sentimento maior, mais poderoso, em qualquer dimensão. De origem divina, está em germe em todos nós e nossa missão é desenvolvê-lo em sua plenitude. Por mais ignorante ou cruel que possa ser um homem, possui ele a essência do amor em seu coração, aguardando o inevitável desabrochar. Aprender a amar, pois, é a razão da nossa vida.

O ódio é a revolta daqueles que ainda não conseguem amar. Como a sombra, que é simplesmente a ausência da luz, o ódio é a ausência do amor. Sua origem é puramente humana, fruto do orgulho e do egoísmo, próprios da animalidade que ainda nos domina. Não tem o ódio bases sólidas verdadeiras. É como a construção de um prédio na areia: à medida que se levanta o próprio peso acarreta a sua queda. Carrega, ele, em si mesmo, a espoleta auto-destrutiva.Leia mais »

Espiritismo: Aspectos e Ciência

Por que se diz que o Espiritismo é ciência?

O Espiritismo tem um tríplice aspecto, ou três bases fundamentais. É ele uma ciência experimental, fundada na observação e análise dos fatos decorrentes das relações entre o mundo espiritual e o mundo corporal. É também uma filosofia, porque a partir das conclusões sobre esses fatos dá uma interpretação à vida do homem, respondendo às questões relacionadas com a sua origem, sua essência e seu destino. Mas é também uma religião, porque de tudo isso se extrai consequências morais indispensáveis ao aprimoramento íntimo da criatura, consoante os ensinamentos de Jesus Cristo. Esse sentimento religioso, no entanto, não decorre de uma institucionalização, com chefes e dogmas a serem obrigatoriamente obedecidos, mas é despertado no coração do ser, ligando-o pessoalmente ao Criador.Leia mais »