Mediunidade no Mundo Espiritual

Resultado de imagem para Mediunidade no Mundo Espiritual

Médiuns são os intérpretes dos espíritos, e “O Evangelho Segundo o Espiritismo” esclarece que os médiuns suprem o organismo material que falta a estes, para nos transmitirem as suas instruções”. Mas a mediunidade é exercida apenas entre encarnados ou também ocorre nas outras dimensões?

Nos estudos do livro Obreiros da Vida Eterna, psicografado por Chico Xavier e escrito pelo espírito André Luiz, na Fraternidade Espírita “Casa do Caminho”, aos sábados, em Belo Horizonte, temos encontrado vários exemplos de mediunidade ostensiva no mundo espiritual.

A obra tem como cenário principal a Casa Transitória de Fabiano, instituição cujo objetivo é socorrer espíritos errantes em situação de arrependimento. Foi “fundada por Fabiano de Cristo, devotado servo da Caridade entre antigos religiosos do Rio de Janeiro, desencarnado há muitos anos (…)”. A casa possui recursos de alta tecnologia, e o adjetivo Transitória tem duplo aspecto: porque é um ponto de passagem para espíritos que necessitam de socorro e porque, a cada vez que a Casa sofre um ataque das Trevas, desloca-se. Encontra-se em regiões trevosas, com precipícios infernais e vastíssimas zonas de purgatório… Continue lendo “Mediunidade no Mundo Espiritual”

Anúncios

Aforismos da Felicidade

Resultado de imagem para Felicidade

A felicidade é uma flor sensível e terna; não suporta o frio da indiferença nem o vendaval da crueldade… Floresce encantos de solidariedade.

A mágoa é úlcera na alma; queima e corrói… Não perdoar é manter circulando um insuportável quantum de ácido na intimidade do nossa vida.

A libertação é afirmação da felicidade de todos, e não um agenciamento do ódio. O guerreiro é um agente da vida; por ela, luta e, por ela, se dá… Assim, cria o novo. Os que se movem pelo ódio destronam o rei e coroam a si próprio. No polo paranóico, sempre o novo é evitado, negado e suprimido; o instituinte, o novo, é parido – fecundado, germinado e desenvolvido nos calorosos ventres do amor.

Quem chora, caminhando… logo é descoberto pela felicidade. A felicidade é ave andarilha que voa nos ventos diáfanos das utopias e pousa sempre nos que andarilham, seduzidos pela beleza do horizonte azul. Continue lendo “Aforismos da Felicidade”

A Oração Coletiva

Resultado de imagem para A Oração Coletiva

No excepcional livro “Nosso Lar”, ditado pelo espírito André Luiz e psicografado por Francisco Cândido Xavier, temos no capítulo 3 um apontamento muito interessante, pelo que devemos despender grande tempo de meditação sobre o assunto: A Oração Coletiva.

André Luiz nos narra o cenário no momento dessa oração, onde é dirigida pelo Governador da Colônia. Envolvendo-nos com o texto, imaginamos grande número de irmãos da Colônia se dirigirem para aquele momento sublime, sendo que todos os demais acompanham em suas residências e instituições através da audição e visão a distância.

Observemos bem a orientação dada para André Luiz: “Todas as residências e instituições de Nosso Lar estão orando com o Governador, …”. O esclarecimento é claro, e destacamos este comentário por fazer toda diferença neste capítulo, pois poderiam ser apenas algumas ou quase todas, o que não seria a mesma coisa. Continue lendo “A Oração Coletiva”

Espelho no Mundo

Resultado de imagem para Espelho no Mundo

Os olhos abraçam a beleza do mundo…

São janelas do corpo humano por onde fruem as belezas do existir.

O espírito deve fazer-se semelhante a um espelho, que adota a cor do que olha e se enche de tantas imagens quantas coisas tiver diante de si.

Cansado homem, desnudado, ao ar livre, quis ver a Criação, olhar o mundo.

Bom companheiro, que vê desabrochar as flores da esperança.

Com doçura e compaixão, prossegue, determinado, perscrutando a beleza da Vida. Continue lendo “Espelho no Mundo”

Milagres são apenas resultados de competências ainda desconhecidas

Resultado de imagem para milagres de jesus cristo

“Na verdade, na verdade vos digo que aquele que crê em mim também fará as obras que eu faço, e as fará maiores do que estas, porque eu vou para meu Pai.” (JESUS, João 14:12)

Embora Allan Kardec tenha optado por não tratar da questão dos supostos milagres de Jesus, penso que já passa da hora do Espiritismo discuti-los…

Dicionários definem milagre como “feito ou ocorrência extraordinária, que não se explica pelas leis da natureza; Acontecimento admirável, espantoso; Portento, prodígio, maravilha”. Logo, para dicionaristas milagres indicam derrogações da Lei Natural.

Mas multiplicando pães e peixes, transformando água em vinho ou curando paralíticos, leprosos, loucos e cegos, as ações de Jesus não podem se enquadrar como sobrenaturais só porque não compreendemos como isso seja possível, pois nossa ignorância não pode ser a medida das coisas. Quando entendermos, por exemplo, como se pode eliminar o bacilo de Hansen e restaurar os tecidos degenerados pela sua ação, estará encerrada a polêmica. Continue lendo “Milagres são apenas resultados de competências ainda desconhecidas”

Renovação Íntima

Resultado de imagem para pessoas Renovação Íntima

Através da renovação íntima, a alma acelera sua progressão espiritual.

Se te sentes sitiado pela dor, pondera e renova teu modo de ser.

Estamos vivendo num mundo ansioso, tenso e aflito.

As arestas precisam ser afastadas, para que tenhamos oportunidade de amparar e auxiliar os outros.

Deus é a Providência que contemporiza as dificuldades do momento que passa.

Observa em torno de ti mesmo e contempla aqueles que estão distanciados do bem…

Abre as asas do amor e recolhe em teu ser os necessitados de fé e esperança. Continue lendo “Renovação Íntima”

Nova Alvorada

Resultado de imagem para pessoas refletindo

Não se entregue à derrota ou ao pessimismo.

Imagino que, possivelmente, o momento que esteja passando seja de extrema dificuldade…

E que por isso você pensa sobre onde está a razão disso tudo e se existe mesmo necessidade de se passar por tantas aflições e tormentos na vida.

Refletir a respeito da luta que vivenciamos no Planeta é positivo, mas acalentar ideias que possam aumentar a angústia e, quiçá, levar a uma tentativa de fuga é sempre algo muito perigoso.

Porquanto lhe peço que ouça o conselho de um amigo, ainda imperfeito – é bem verdade, mas que apenas deseja o seu bem: Tenha calma! Tudo passa! Continue lendo “Nova Alvorada”

Recordações da Mediunidade gloriosa de Francisco Cândido Xavier

Na noite fria de 09.08.1996, sob um luar intenso, Chico e eu dirigimo-nos ao lar dos irmãos João e Lázaro, para participarmos do Culto da Oração que lá se realizava, em periferia distante, na cidade de Uberaba.

Sentamo-nos à pequena e rústica mesa com alguns poucos companheiros.

Chico pediu-me para proferir a oração inicial. Eu tinha acabado de memorizar a “Prece de Lívia”, porém, mesmo assim, retirei do bolso um fragmento de papel, onde li, pausadamente:


“— Senhor Jesus, abençoa-nos a fé com que esperamos por ti!… Agradecemos-te a felicidade de nosso encontro e o tesouro da amizade com que nos teces a união. Louvores te rendemos pelo auxílio de nossos companheiros e pelas lições de nossos inimigos. Ensina-nos a descobrir a tua vontade no escuro caminho de nossas provas… Dá-nos a conformação ante a dor e a certeza de que as trevas nos conduzirão à verdadeira luz! Senhor, concede-nos a humildade de teu exemplo e a ressurreição de tua cruz! Assim seja!…”


Após a prece, ouviu-se um ruído forte e rouco, como de vento impetuoso, e o médium Xavier começou a psicografar a página “Prodígios da fé”, de Albino Teixeira. Continue lendo “Recordações da Mediunidade gloriosa de Francisco Cândido Xavier”